Terça-feira, 6 de Fevereiro de 2018

DOSSIER ESTÁDIOS DE FUTEBOL

Publicou o Jornal A BOLA no dia 24 de Dezembro de 2017 um Dossier de seis páginas com 61 histórias, biografias e imagens dos homens que dão nome aos Estádios Portugueses.

De entre os quais, consta o Estádio Sanches de Miranda (número 51 do dossier), do Juventude Sport Club vulgarmente conhecido por Juventude de  Évora.

jsc.campo.jpg

Por isso, para uma mais completa informação sobre o mesmo, publicamos a notícia de nossa autoria, para a Hora do Juventude, transmitida na RTA (Rádio Telefonia do Alentejo) em  6 de Novembro de 2013) sob o título "Estórias da Nossa História"

«Tal como qualquer pessoa deseja e sente necessidade de ter uma casa para viver com o seu agregado familiar, também o Juventude sentiu necessidade de possuir um campo para a prática de desporto, não só futebol, mas também outras modalidades e actividades dos seus sócios e simpatizantes.

A pretensão baseava-se no facto de, com espaço próprio, possuir melhores condições de trabalho para formar equipes, sem esquecer ao mesmo tempo a formação de homens e mulheres que se integrassem, numa sociedade que fosse digna para todos.

Por isso, quando nos encontramos a menos de um mês de se comemorar o 85º. aniversário da inauguração do Estádio Sanches de Miranda, vamos hoje falar dessa efeméride na Rubrica

"ESTÓRIAS DA NOSSA HISTÓRIA"

Começamos por dizer que inicialmente o Rossio de São Brás era o parque de jogos da Cidade.

digitalizar0041.jpg

Depois foi construído um campo, junto à Quinta da Malagueira que, no entanto, teve pouca duração, porque os proprietários do terreno, não admiravam as práticas desportivas.

Por esse motivo o Ateneu Desportivo Eborense terraplanou um terreno e construiu um rectângulo de jogo que foi posteriormente designado por Campo Estrela, com vantagens e desvantagens para os restantes clubes que não possuíam campo de jogos, como era o caso do Juventude.

Em face disso o Juventude procedeu à aquisição de um terreno a que se seguiu a construção do campo para tornar realidade um dos seus sonhos

digitalizar0036.jpg

 

021 (1).jpg

À data existia uma fábrica de cortiça na Estrada de Viana pertença de Sebastião Cerveira.

Por dificuldades financeiras resolveu pôr à venda o terreno que possuía, dando conhecimento do facto a Augusto Mendes que sabendo o que o Juventude pretendia alvitrou a sua venda ao clube.

Por isso Sebastião Cerveira entrou em contacto com a direcção chegando a acordo da verba com a condição de ser pago em prestações, através do aceite de letras.

Como Sebastião Cerveira era director do Banco do Alentejo, foram os aceites descontados neste Banco.

digitalizar0039.1.jpg

Florival Sanches de Miranda ao ter conhecimento da situação e sabendo das dificuldades do clube para satisfazer atempadamente o compromisso assumido, chamou a direcção do Juventude, dizendo-lhes que as letras seriam debitadas na sua conta nas datas dos respectivos vencimentos, ficando ele credor do clube.

Para além disso não só se responsabilizou pela dívida perante o Banco, como perdoou algumas letras e suportou parte das despesas efectuadas com a construção do campo.

A escritura da aquisição do terreno foi efectuada em 3 de Fevereiro de 1930, portanto em data posterior à inauguração do campo.

A respectiva inauguração foi devidamente programada para o dia 2 de Dezembro de 1928, data 

 em que se comemorava o 10º. Aniversário da fundação do clube, constituindo o acontecimento uma data muito importante para a  vida do Juventude e para a própria Cidade de Évora.

As festividades começaram, nesse Domingo, bem cedo com os foguetes, como se fosse a águia do emblema a esvoaçar, subindo no espaço com efeitos e reflexos no horizonte numa demonstração clara de alegria, não só para os Juventudistas, mas também para todos os que viam na obra o engrandecimento da própria Cidade.

 E muito especialmente para os que estando desde a primeira hora na sua construção começavam a ver o produto do seu trabalho ser coroado de retumbante êxito.

Contudo, como não há bela sem senão, aconteceu o inesperado quando perto da hora aprazada para a chegada à Estação de Caminho de Ferro de Évora, os promotores do evento tiveram conhecimento que o comboio que trazia os componentes da Equipe da União Futebol Clube Comércio Indústria ainda não tinha saído do Barreiro.

Os organizadores ficaram num estado de verdadeira desilusão, e não era para menos, uma vez que mesmo que se conseguisse, à própria da hora, uma outra equipe, era como vulgarmente se diz: "sopas depois de almoço"

No entanto como após a tempestade vem a bonança, depois das 13 horas

relogio-cf-evora.jpg

Foi recebido com muita satisfação e alegria um telegrama, cujo texto passamos a citar:

«FAVOR PREVENIR JUVENTUDE QUE SEGUIMOS CAMINHO DE FERRO O COMBOIO PARTIRA DO BARREIRO DEPOIS DAS 12 HORAS»

cf-.barreiro.JPG

A alegria, como fàcilmente se compreende, foi enorme e pouco tempo depois é organizado o cortejo em que várias colectividades com os respectivos estandartes se fizeram representar, bem como a Banda da Escola do Grupo de Amadores de Música Eborense que executou, diversos trechos musicais, durante o trajecto desde a Séde até ao Campo, passando pela Praça de Giraldo e Rua da República.

No cortejo pela seguinte ordem: Bombeiros, Amadores, Empregados do Comércio, Pedreiros, Associações de Classe, Mocidade Eborense, Joaquim António de Aguiar, Escola Industrial, Imprensa, representantes de algumas agremiações e individualidades e, por último os Estandartes do Luzitano, Juventude e Sporting Clube Eborense, seguindo-se a Banda dos Amadores e muito povo, constituindo a maior manifestação desportiva que foi vista em Évora, de acordo com o noticiado pelos diversos jornais que se referiram ao acontecentecimento.

O novo campo encontrava-se profusamente embandeirado apresentando um magnífico aspecto, com uma tribuna de honra, onde as Entidades Superiores, Civis e Militares da Cidade: Governador Civil, Comandante da Região e dos Regimentos de Artilharia 1, Cavalaria 5 e Infantaria 16, este último representado pelo sr. Tenente António da Rosa, representantes da Junta Geral do Distrito, Luzitano Ginásio Clube e muitos outros tomaram lugar com a madrinha a Srª. D. Maria Antónia Vieira de Barahona.

digitalizar0040.1.jpg

Içada a Bandeira do Juventude pelo Sr. Governador Civil, teve lugar o Baptismo do Campo, tendo a madrinha dito a seguinte frase:

"CAMPO DO JUVENTUDE

EU TE BAPTIZO COM O NOME DE:

SANCHES DE MIRANDA"

Após a interessante cerimónia iniciou-se partida de futebol como complemento da inauguração do então já "Estádio Sanches de Miranda" entre as equipes de honra do Juventude e da União de Futebol Comércio e Indústria, que tinha chegado muito perto das 15 horas.

O resultado, a exemplo do que tem sucedido com grandes clubes, aquando da inauguração dos seus  estádios, terminou com uma concludente vitória do clube Setubalense por 8-1.

Á noite realizou-se um jantar de confraternização no Hotel Eborense, terminando a festa com a realização de um baile.

Também foi descerrada uma foto de Florival Sanches de Miranda. 

 

digitalizar0035.1.jpg

Terminamos dizendo que o Clube da Cidade do Sado foi fundado em 26 de Junho de 1917 com o nome de União Football dos Empregados do Comércio e Indústria.

Por hoje é tudo, pelo que nos despedimos até à próxima 

Rubrica "ESTÓRIAS DA NOSSA HISTÓRIA"

6 de Novembro de 2013

ARMANDO RIBEIRO

 

Finalmente  dizemos que por ter sido fundado em 5 de Dezembro de 1918 o Juventude comemora este ano (2018), o seu CENTENÁRIO.

ARMANDO RIBEIRO

publicado por armandoribeiro às 16:05
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Carlos Figueiredo Pereira a 8 de Fevereiro de 2018 às 19:50
Parabéns Sr. Armando Ribeiro!
Parabéns porque este artigo leva-nos a tempos longínquos, e faz-nos pensar o porquê dos clubes, não editarem a sua "Monografia" ?
Sendo eu coleccionador desde tenra idade muito gostaria que os Clubes editassem além das sua "Monografias" postais dos seus jogadores, do seu emblema, do seu Estádio, etc.
O Sr. Armando ao escrever este artigo, escreveu uma parte do seu "Juventude".
Fico aguardar que dê noticias do centenário do "Juventude de Évora". Carlos Pereira (ACOBAR - Associação de Coleccionismo de Barcelos)


De Paulo a 10 de Fevereiro de 2018 às 04:55
Belo trabalho, Sr. Armando Ribeiro.
Muito completo, como é seu costume, com datas e outros pormenores.
E, fiquei a saber o 1.º nome da pessoa que dá nome ao estádio, que é Florival.
Cumprimentos


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. VOZES DE ABRIL

. PASSEIO-PEREGRINAÇÃO A LO...

. ENCONTRO DE COLECCIONISMO...

. DIA DO ANTIGO ALUNO SALES...

. ENCONTRO CONVÍVIO

. ROMARIA A CAVALO

. ASSOCIAÇÃO DE ANTIGOS ALU...

. GOLO

. JUVENTUDE DE ÉVORA

. NOITE DE FADOS

.arquivos

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Julho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.contador

free counters

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds